A campanha que trouxe o filme de Dragon Ball Z (dublado) para o Brasil!

Iae, guerreiros Z, tudo bem com vocês? Me chamo Pedro Tavares e sou criador do portal DBZando. Lá eu falo exclusivamente sobre essa franquia maravilhosa que marcou tanto a nossa vida. No texto dessa semana, aqui no Versão Dublada, irei contar uma “história dos bastidores” da maior campanha nacional relacionada a Dragon Ball! 

Muitos de vocês devem ter assistido ao filme “Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses” nos cinemas em 2013. O longa nos conta sobre a batalha entre o deus da destruição Bills e os Guerreiros Z. Mas, o que a maioria não sabe, é que ocorreu uma mobilização gigantesca que envolvia fãs, dubladores e a distribuidora do filme na América. 

O filme que introduz o universo de Dragon Ball Super na franquia era algo esperado pelos fãs há quase duas décadas. Após o final de Dragon Ball Z, em 1995, e de seu sucessor Dragon Ball GT em 1996, Dragon Ball não havia lançado nenhuma animação que somasse à história original. Vários boatos de uma possível volta rolavam na internet, até que todo esse tempo de carência finalmente chegava ao fim. A tão esperada volta aconteceria em 2013! 

Logo quando os fãs brasileiros souberam da notícia, a comunidade como um todo se interessou muito em consumir aquele conteúdo da forma que sempre consumiu. Ou seja, com os dubladores originais.

Acho que não é preciso ressaltar em um site como o Versão Dublada o quanto a dublagem brasileira e os próprios dubladores de Dragon Ball são queridos pelos fãs. Porém, naquela época, poucos entendiam como a distribuidora escolhia o estúdio ou, até mesmo, como era o processo de dublagem. É nesse momento que eu entro nessa história…

Hoje, sou responsável pelo portal DBzando, mas em 2013 eu já tinha criado a página no Facebook para o canal Casa do Kame que, na época, era a maior ou uma das maiores páginas de Dragon Ball do país, com cerca de 100 mil seguidores. Utilizei-me dessa influência para iniciar, junto com um amigo chamado Luis Franklin – que também era administrador da página – uma campanha para trazer o filme pro Brasil e uma segunda que solicitava à distribuidora Diamond Films que trouxesse o filme com os dubladores originais.

Campanha pra trazer o filme (11 mil compartilhamentos)
Campanha para dublagem (1100 compartilhamentos)

Essas campanhas foram as maiores do país e contaram com o apoio total de milhares de fãs e dos próprios dubladores, com destaque para Tânia Gaidarji (Bulma) e Wendel Bezerra (Goku), que na época faziam vídeos e publicações incentivado nossa luta. Acredito que as redes sociais da Diamond Films nunca tinham recebido tantas mensagens relacionadas a um único produto.

Logo depois, várias outras páginas também ajudaram com o compartilhamentos das campanhas ou criando as suas próprias, mas todas com o mesmo objetivo. 

Acredito que foi uma das maiores conquistas para a comunidade Dragon Ball no Brasil. Para mim, olhando hoje, creio que foi o meu maior feito como criador de conteúdo na internet.

Como todos sabem, a campanha teve um final feliz. O filme foi distribuído no Brasil com os dubladores originais e foi um sucesso! A Diamond Films chegou a enviar cortesias do filme a toda nossa equipe, mas nunca cheguei a trocá-las por ingressos. Estão guardadas em algum lugar da minha casa com muito carinho. 

Compartilhe:

Posts Relacionados

0 0 voto
Article Rating
Inscrever-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments